sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

CNAI - Centro Nacional de apoio ao imigrante

Não tenho falado muito detalhadamente sobre a parte "burocrática" aqui no blog né? Mas precisei fazer esse post para elogiar o serviço do CNAI (Centro de apoio ao imigrante) aqui em Porto. Para variar foi mais um dos lugares onde fomos super bem atendidos e recepcionados. Bom, eu tenho a cidadania portuguesa e vim casada para Portugal. Quando chegamos aqui fomos ao CNAI para saber como daríamos a entrada no reagrupamento familiar (para o meu marido pegar a autorização de residência). Vocês não tem noção de como eles são simpáticos, prestativos e pacientes. A atendente nos deu toda a papelada que precisávamos preencher, marcou todas as áreas que deveriam ser preenchidas por mim e as que tinham que ser preenchidas pelo marido. Tirou dúvidas e lá mesmo ligou para o SEF por nós (Serviço de estrangeiros e fronteiras) para marcar o dia em que o Gabriel deveria apresentar toda a documentação. Falar com o SEF pelo telefone é um pouco dificil e bem demorado então esse favor foi realmente enorme!!! rs. A entrega de documentos foi marcada para o mês seguinte (e essa entrega já ocorreu). Foi tudo muito simples, prático e eles deram um prazo de três a quatro meses para que a autorização saia. É muito bom receber todas as instruções detalhadamente quando se está um pouco aflito com tantas novidades não é mesmo? Quando chegamos ao CNAI haviam vários outros imigrantes em busca de informações ou talvez já para a entregar os documentos. Existem diversos setores lá dentro. Vamos aguardar o documento agora. É muito legal ter um local preparado para receber e informar aqueles que estão chegando no país. Ponto super positivo para esse serviço.

6 comentários:

  1. Eu imagino como é facilitador tudo isso .... As vezes não consigo me virar nem aqui, meu país de tanta má informação ( leia-se VONTADE).
    Muito bom quando podemos contar com organização e eficiência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Saimos de lá realmente muito felizes!!

      Excluir
  2. Excelente para os que chegam aflitos para que tudo se ajeite! Feliz com a escolha de vcs! Aos poucos farão novos amigos portugueses e a vida vai entrando nos eixos. Portugal parece acolhedor. Beijo ao casal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade tia! Bem acolhedora! Muito bom!! Beijokaaaa!

      Excluir
  3. Seu marido pode trabalhar enquanto aguarda o documento? Ele ainda está com visto de turista, Marcela? Beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não pode trabalhar não.. Enquanto o documento não chega o trabalho é ilegal. Agora ele já tem o visto de residência, demorou em média 3 meses para sair, ele deu a entrada aqui mesmo! Beijinhosss

      Excluir