quarta-feira, 13 de abril de 2016

LEVEI UMA MULTA EM PORTUGAL

Ei gente! Nem me falem sobre o título desse post! Choreiiiii! Levei minha primeira, e ÚLTIMA, multa aqui em Portugal. E foi no transporte público, completamente sem querer. Triste, triste mas aconteceu... 

Primeiro ponto que gostaria de citar e ainda não escrevi sobre: a dificuldade de entender o transporte público daqui de Portugal. Já errei mais de uma vez e acho bastante complicado.

Bom, eles dividem Porto em zonas e dependendo da onde você pegar o metrô ou o ônibus o lugar que você quer ir muda de "sigla", é tudo relativo, de acordo com lugar onde você está. Ou seja, a passagem para a estação onde eu moro pode ser para z1 (zona1), z2 (zona2), z3(zona3), z4(zona4), depende da onde eu estou comprando a passagem. Além disso, eles tem a passagem individual e a mensal (que é o meu caso). Eu comprei de acordo com o endereço do meu trabalho, pois é para onde vou todos os dias praticamente. Porém, essa passagem mensal só engloba determinadas zonas que é por onde você passa nesse trajeto - eu vou de metrô mas é o mesmo cartão que usamos para ônibus. Então eu pago um valor por mês para usar o transporte público até meu trabalho e não posso usar o mesmo cartão para ir para outros lugares, mesmo se eles tiverem a mesma distancia da minha casa, a não ser que fiquem no mesmo caminho. Mais ou menos isso. Compliquei? rs

Enfim! O que quis dizer é que vou da minha casa até o meu trabalho, que fica longe, e para conseguir fazer esse trajeto de metrô preciso do cartão mensal que abrange as zonas por onde eu passo. Fui passear com meu marido e usei o meu cartão já carregado para o mês todo. Quando entrei no ônibus estava tudo ok, passei o cartão na maquineta e a luz ficou verde. Porém, eis a questão: no meio do caminho, nós sentados felizes adorando a paisagem, observando tudo e comentando das casas que passavam, a zona mudou e o meu cartão não abrangia mais essa nova zona (aff), mesmo ele estando ok quando eu entrei no transporte. Entraram fiscais no ônibus, eles sempre entram nos transportes fiscalizando, e eu dei meu cartão tranquila. Coitada de mim... Ele só perguntou se eu tinha documento e já me deu a multa.

Valor da multa: pasmem, 185 euros. É um valor fixo e não existe proporcionalidade. Por exemplo se eu simplesmente de má fé não tivesse comprado passagem alguma a multa seria a mesma. Eu estava quatro pontos de ônibus depois do que o meu cartão permitia e pagarei essa fortuna toda na mesma. Fiquei pasma com o valor. Não fiz de má fé, muito pelo contrário, faço tudo tão direitinho. Graças a Deus o meu marido estava com o andante certo, pois como ele não tem o mensal comprou a unidade para a zona que ele sempre usa daqui de casa até o centro de Porto e calhou de estarmos na zona permitida no cartão dele quando os fiscais entraram. Nossa, íamos morrer se os dois levassem essa multa pavorosa.

É isso gente, acontece nas melhores famílias né? Na próxima mesmo se eu achar que meu cartão abrange a zona penso que vou comprar a passagem mesmo assim. Melhor gastar 1,60 euros a mais do que por confusão receber uma multa "leve" dessas. rs É a vida! Beijos e até a próxima aventura - espero que saia mais barata do que essa.

Objeto de estudo dos próximos meses:

Mapa dos ônibus

Mapa do metrô

2 comentários:

  1. Não sei se dou risada ou choro com seu post .... Aff ... Estuda aí transporte em Porto ... Boa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrsrs Pode chorar heheheheh Eu já chorei!!! Ó vida!

      Excluir