terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

AUTORIZAÇÃO DE RESIDÊNCIA PORTUGUESA

Ela saiu!!! A autorização de residência do meu marido chegou :) Então como foi o processo?

Quando chegamos em Portugal apenas eu tinha documento, que era a própria cidadania portuguesa. Porém já lá do Brasil deixamos tudo preparado para entrarmos com o processo para tirar a autorização de residência do meu marido por aqui. E o que é tudo preparado? É fazer a transcrição da certidão de casamento. Ou seja, fizemos a transcrição da certidão de casamento brasileira no consulado Português do Brasil, então quando chegamos aqui ela já constava no sistema português.

Com isso fomos até o CNAI, (clique aqui para ler sobre) e eles nos deram umas folhas para preenchermos. No mesmo dia marcaram a data para que ele fosse entregar essas folhas preenchidas, os documentos requisitados e desse a entrada na residência. Realmente simples assim.

Na data marcada ele compareceu, entregou a papelada e eles nos deram o prazo médio de três a cinco meses, pois ele entregou tudo em novembro e logo após haveria o recesso de fim de ano. Pois dito e feito, três meses depois chegou uma carta na nossa caixa de correio dizendo que ele já podia ir "levantar" - que significa pegar aqui em Portugal- o documento de autorização de residência dele. Nossa ficamos tão felizes!

Um processo nada burocrático, uma vez que somos casados e eu tenho dupla cidadania então o que fizemos foi um reagrupamento familiar. Vale citar que precisamos comprovar meios de subsistência para esse intervalo de espera pelo documento, pois nesse caso o meu marido não podia trabalhar sem estar legalizado. O prazo da autorização de residência que ele recebeu é de cinco anos, após esse tempo tem que renovar, mas acredito que a renovação seja tão simples quanto foi para tirá-la.

Fotinho do documento:

Autorização de residência







30 comentários:

  1. Parabéns!! Espero que seja assim rápido para mim também... Bjoca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser sim!! Adorando seus planos Carol!! Na torcida!!!

      Excluir
  2. Uhuuuu! Parabéns Gabs! Sucesso ao casal TOP!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi! Uma dúvida: o seu marido pode trabalhar na Europa inteira ou só em Portugal? Obrigada =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carol! Tudo bem? Apenas em Portugal mesmo :)

      Excluir
  4. Entendi.. E vc sabe se tem alguma forma do
    marido conseguir trabalhar fora de Portugal? Alguma outra certidão que possa tirar, não sei.. Algo do tipo hehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não :/ Ainda não procurei saber sobre isso. Só se ele já for com contrato de trabalho, dai pela lógica ganha visto para trabalhar né... De outra forma não sei... Se descobrir algo te falo :)

      Excluir
  5. Olá, você citou "precisamos comprovar meios de subsistência para esse intervalo de espera pelo documento". Você já tinha emprego ? ou comprovou em dinheiro ? sabe me dizer o mínimo.
    Vamos para Portugal em Junho, meu esposo tirou a cidadania Portuguesa e solicitaremos o agrupamento familiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires, tudo bom? Isso mesmo, comprovar meios para que o "agrupado" possa viver sem trabalhar até chegar o documento legalizando. Acredito que possa ser emprego ou dinheiro. No CNAI nos foi informado de que não tem um valor certo no caso de ser dinheiro. Eu "chutei" que tinha que ser a média de um salário mínimo por mês, ou seja, 530€. Já leu meu post sobre o CNAI? Depois dá um pulinho lá, o CNAI dá um suporte muito legal! É a melhor maneira de esclarecer e dar entrada em tudo quando estiverem aqui. Fizemos tudo por lá.
      Link: http://demalaecao.blogspot.pt/2015/12/cnai-centro-nacional-de-apoio-ao.html?m=1

      Beijinho!

      Excluir
  6. Oi Marcela, sou de Moçambique e fui pegar meu cartão hoje, é igual ao do seu marido. Mas esqueci de perguntar porque existe um cartão tipo de crédito de residente e há esse que está na foto, sabe qual é a diferença? E sabe se esse cartão em papel que nós temos pode viajar para Europa a vontade? Beijinhos. Era só para não ter de ligar ao SEF para perguntar Hehehe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Nuria! Tudo bem?! Desconheço sobre esse cartão de crédito... Bom, acredito que vale sim para viajar pela Europa, no caso se fossemos viajar levariamos ele e o passaporte mesmo, incluindo a identidade brasileira.. Na duvida sempre levamos tudo rsrs Quando viemos foi assim tb, trouxemos tudo para não haver erro hehe Beijosss! Tudo de bom pra vc!!

      Excluir
    2. Oi Nuria tudo bem? Olha este cartão de crédito do qual você está se referindo seria na verdade o Título de Residência Portuguesa, ou seja, este título de Residência tem um formado de um Cartão de Credito, cuja sua finalidade seria para Estadias temporárias, Estudo ou Residência Permanente, já o Cartão de Residência parece o Cartão dobrável de papel somente quem se casou ou Familiares de Portugueses ou Cidadãos da UE o Adquirem, sem dúvida você pode utiliza-lo para viagens curtas de Turismo dentro da UE, mas não a trabalho!!!

      Excluir
    3. Bom dia Marcela e Robson. Obrigada pelas vossas contribuições. Correcto tudo o que disseram. Já usei o cartão varias vezes para viagem, de momento mudei para a França e estou a tratar do processo de residência cá, que é ainda um bocado mais complicado que em Portugal hehe..

      Excluir
    4. Oi nurania, e como fez ? Foi para França com o cartão de residência e está a pedir o de França? Teve problemas em ir de avião? Obrigada

      Excluir
  7. Olá, bom dia, estou tirando minha cidadania italiana, mas estou com planos de começar minha vida em Portugal. Vc sabe se eu posso pedir esse processo de autorização de residência para minha esposa com o documento italiano ai?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvio, tudo bem? Não sei sobre isso.. Acredito que encontre a informação entrando em contato ou no site do SEF ou do CNAI. Boa sortr nos planos!

      Excluir
    2. Oi Silvio só respondendo a sua duvida!!! Com certeza você pode sim,a diferença é que uma vez sendo cidadão europeu, para você tratar de regularizar a situação de sua esposa, primeiro você precisará se registrar como cidadão da UE, logo nos primeiros 3 meses em território português. Sendo assim poderá dar entrada no Cartão de Residência (Familiar de Cidadão UE, Nacional de Estado Terceiro).

      Excluir
  8. Oi, Marcela. Tudo bem?
    Eu lembro que em um dos seus vídeos você disse que chegou aqui no Porto em Outubro de 2015. Logo assim que vocês chegaram vocês foram ao CNAI e vocês já conseguiram agendar a data para Novembro?
    Eu cheguei aqui dia 24-10-2016 fui ao CNAI dia 26-10-2016 e só conseguimos data para 05-01-2017. Desesperei agora que você disse que após ir lá eles te deram o prazo para o documento sair de 3 a 5 meses. Minha esposa esta agoniada por não poder trabalhar ou viajar. Antes de virmos para cá eu morava na Irlanda e na semana que nos mudamos para cá saiu o documento dela Irlandes, mas só tinha data para retirar o documento em Fevereiro de 2017, pois lá precisamos fazer o agendamento pelo site. Ela não esta trabalhando desde o final de Julho e esta desesperadissima. Agora quando souber que poderá ficar sem trabalhar até Abril ou Junho de 2017 irá "cair para trás".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo bem? Isso mesmo! Comigo foi assim, acredito que os prazos mudem de acordo com a demanda e inclusive me disseram que varia muito de um local para o outro, por exemplo em Lisboa ne contaram que demora mais que aqui.. Desejo toda sorte no processo de vocês!

      Excluir
  9. Oi Marcela, tudo bem? Irei fazer o mesmo com meu marido, mas estou com algumas dúvidas. Como devo comprovar essa renda? Oq eles pedem como comprovação? A partir desse documento ele já pode dar entrada Na cidadania dele né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Barbara... Tudo bem? Não sei como estão as regras hoje mas na altura em que vim poderia comprovar através da conta bancária ou co comprovantes de salário no caso. Nesse caso não foi para dar entrada a cidadania e sim a autorização de residência. Boa sorte nos planos! Beijinhos!

      Excluir
  10. Oi Marcela! Vou fazer esse processo de reagrupamento familiar em Portugal, mas lembrei de uma coisa. Você fala que após 5 anos tem que renovar esse cartão dele, né? Fui hoje na Embaixada de Portugal em Brasília e eles me falaram que o meu marido consegue a cidadania portuguesa após 3 anos de casado e morando em Portugal. Então talvez isso sirva pra você, né? Melhor que ficar sempre renovando esse cartão de residência. Só não sei se ele consegue tirar um passaporte português mesmo. Será? Haha e agora a minha dúvida que não sei se você vai saber :( o reagrupamento familiar pode ser feito em qualquer Embaixada de Portugal? Pq eu vou para a Inglaterra e fiquei na dúvida disso. Se já faço por Brasília ou se posso fazer na Inglaterra mesmo. Obrigada! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! É isso mesmo! Podemos dar entrada na cidadania depois desse periodo :) Sobre a embaixada infelizmente não sei mesmo :/ Boa sorte com a documentação Carol! Beijosss!

      Excluir
  11. Olá Marcela, vc sabe me dizer se este cartão pode plastificar para não estragar pois serão 5 anos com ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciana, tudo bem?! Não sei informar mas meu marido tem uma "mini-pasta" do tamanho do documento e guarda ele lá :) Beijos!!

      Excluir
  12. Olá Carol! Autorização de Residência por ser cônjuge de cidadão europeu só quando estiver por aqui mesmo, no Brasil não pode fazer, esse processo é feito no SEF! Mas Inglaterra não pertence mais à Europa, viu? Não poderá fazer esse processo lá. Sim, seu marido consegue cidadania após 3 anos de casamento. Sendo cidadão português poderá tirar todos os documentos normalmente, Cartão de Cidadão e Passaporte. Beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Renata!! Obrigada pela ajuda que deu a Carol! Beijinhos!!

      Excluir
  13. Olá, tenho duas perguntas: seu marido entrou com o visto de turista ? Pôde dar entrada no cartão de residencia assim que chegou ou teve que esperar terminar o periodo de turismo (3 meses)?

    ResponderExcluir
  14. Olá, estou com essas mesmas duvidas, e também queria saber se a transcrição de casamento tem necessariamente que ser feita ainda no Brasil, ou se posso fazer ao chegar em Portugal?
    Estou adorado os seus videos e me animando ainda mais para a mudança com eles!! Beijos! ����

    ResponderExcluir