quarta-feira, 7 de outubro de 2015

VIAJAR COM ANIMAIS - Parte 2

Enfim CHEGAMOS!!! Estamos em Porto e a viagem foi tranquila! Vou tentar lembrar e escrever sobre alguns detalhes que eu não tenha falado antes:


  • Demos durante 5 dias (os que antecederam a viagem) o remédio Calmyn Dog para Cindy e Lisa. É um calmante natural que o veterinário recomentou, seu efeito é acumulativo. No dia da viagem optamos por dar maracujina. Ela acalma mesmo mas confesso que não foi o suficiente para deter o chororô das duas na hora da separação, ou seja, do embarque.
  • Quando ligamos para cia aérea nos informaram que deveriamos chegar com três horas de antecedência mas na verdade lá no aeroporto fomos informados de que as pessoas só levam os cachorros para embarcarem uma hora antes do voo. Então chegamos cedo pra caramba! E como as duas já estavam dando o "show" a parte dentro das caixinhas achamos que era melhor, mesmo sendo cedo, deixarmos elas irem para salinha separada porque naquela situação a gente ficava de coração partido vendo elas chorando, elas desesperadas vendo a gente do lado de fora e muitas pessoas no aeroporto parando para fazer perguntas, ver, e até dar palpites não muito bem vindos naquele momento do tipo: "A caixa está pequena pra elas, irão dar sorte se deixarem embarcar" "Elas vão sentir frio lá embaixo". Então chamamos o pessoal da cia e nos separamos delas.
  • Pegamos dois voos até chegar em Porto, a conexão foi em Frankfurt. Nos dois voos fizemos questão de confirmar se as cachorras estavam lá embaixo e nos dois eles confirmaram que estava tudo certo.
  •  Na conexão em Frankfurt comecei a ficar preocupadinha, perguntamos para uns 3 funcionários como poderia saber informações das nossas cachorras que estavam no Pet Lounge (local onde eles soltam as cachorras, dão água e ajeitam a caixa que pode estar suja). Dois funcionários falaram para esperar até o horário do voo para saber informações, só que faltavam cinco horas para o nosso voo! O terceiro funcionário foi legal, conseguiu ligar para o Pet Lounge e me informou que elas estavam bem, que eles deram agua, comida e perguntou se eu queria falar com elas pessoalmente no telefone rs. Deixei  para falar com elas ao vivo em Porto mesmo kkk.
  • Chegando em Porto, Gabriel foi pegar as malas e eu as cachorras. Pensem numa gritaria canina. As duas começaram a latir tão alto, um escândalo canino mesmo, daqueles que fazem o aeroporto todo virar para você e até achar que está acontecendo alguma coisa com as bichinhas! A caixa estava lacrada com "abraçadeiras" então arrumamos uma tesoura em uma banquinha do aeroporto para abrir. E toma latidinhos desesperados para sair daquela caixa! Mas enfim sairam! Até xixi de felicidade rolou, no meio do aeroporto. Miquinhos a parte foi muito bom ver que elas estavam saudáveis e "sobreviveram" a quase 24 horas de muitas emoções!  

Agora provável que tirem uns dois dias de muito sono e descanço para se recuperarem dessa aventura em que "papai" e "mamãe" meteram elas hehehe. As duas mais novas cadelinhas portuguesas

11 comentários:

  1. Imagino o sofrimento emocional dos pais e das cadelinhas ..... Aff no fim tudo da certo e ainda sobra risadas e causos para contar ..... Boa sorte ai na nova jornada da familia Portuguesa, com certeza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu muito a pena! Já até deram uma voltinha em Porto para conhecerem a mais nova morada hehe

      Excluir
  2. Sufoco a parte, coração apertado, no fim tudo deu certo.!!! 🙏🙏🙏 Estava na torcida, acompanhando passo a passo a conexão, rezando daqui! Sucesso casal e família! Agora é ralar e aproveitar a vida nova!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza foi por causa de toda essa energia que deu tudo certo!!! Ansiosa até pela ralação rs Obrigada meu amor!

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Qual a cia aerea que vcs foram do Brasil e depois até o Porto com seus cachorros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Nós viemos de Lufthansa e o nosso voo foi para Porto mesmo, não desembarcamos em Lisboa. Por isso chegando é só pegar o metrô que passa pelo aeroporto de Porto. Qualquer dúvida estou a disposição! Beijinhos!

      Excluir
  5. Qual a cia aerea que vcs foram do Brasil e depois até o Porto com seus cachorros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ops! Acho que respondi pelo youtube e acabei não respondendo por aqui... heheh Mas foi a Lufthansa e viemos direto para Porto mesmo :)

      Excluir
  6. Marcela, se não levar em consideração o preço das passagens, você indicaria a Tap, já que o voo é mais curto? Quase 24h é muito tempo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se for em relação aos cachorros eu não sei dizer, pois a única experiência que tive foi com a Lufthansa... Vale tentar achar na internet alguns casos sobre viagem de animais pela TAP... Fiz isso com a cia aérea que viajamos...

      Excluir